sábado, 30 de janeiro de 2016

Religiosidade

Quebre Tabus, Quebre a Religiosidade, ela Te faz ter comunhão com Superstições Espirituais...
(Não posso me ajoelhar perante o altar, porque.... Porque não! Ninguém faz isso...
-Não posso começar a oração sem antes de tudo pedir perdão dos pecados, porque....Porque Não! Ele vê a tua Sinceridade, você pode pedir perdão por último, se for do teu coração Ele te ouvirá
-Não posso rir na Unção, mesmo que o Espírito Santo me impulsiona, porque não é conveniente, é escândalo...Atos 2:13.
-Não posso Chamar Deus de Você! Porque é uma falta de Respeito a Pessoa de Deus! Falta de Respeito é chamar Deus de Senhor, Criador e bla bla, se eu Dentro do meu interior eu vivo Uma vida que não é Cristã, se os meus desejos são maiores do que os do Espírito Santo!)
O Relacionamento com Regras, com Modelos errados, te torna Fariseu! E te prende, e sua vida nunca avança, em todos os sentidos, o profundo da Presença dEle não chega a Você! Para meditar na Bíblia é um peso, pra orar na Madrugada é um sacrifício! A paz no Espírito não existe no teu cotidiano, e o que você faz acaba envergonhando Deus e sua palavra, mesmo você não querendo que isso aconteça! E parece que a Palavra nunca se renova, e nada contribue para seu bem! E sempre é a mesma coisa, e anos e anos se passam e a pregação é a mesma, o louvor é o mesmo, As Línguas são as mesmas, a Profecia sempre é aquela coisa que você já se acostumou!
Porque tudo isso?
Religiosidade! Prisão da Religião...
Vá para Damasco, no Caminho você deixará de ter o Caráter de Saulo, Para libertar o de Paulo em você! Você não vai nascer de novo, só vai ser libertado! Porque Paulo já tinha esse nome, só que estava escondido, Preso no seu conhecimento, preso na Religiosidade, mas no Caminho de Damasco, Tudo mudou e a Libertação Chegou!
Mas Realinhe teu Coração à Jesus, Ele te dará Liberdade! Vida em Abundância, Graça Superabundante! Pois onde está o Espírito, ai está a Liberdade!
ONDE ESTÁ A LIBERDADE, ESTÁ O ESPÍRITO! 2º Corintíos 3:17.
Seja Livre....

Nenhum comentário:

Postar um comentário